sexta-feira, 9 de julho de 2010

Igreja adoradora

Igreja adoradora
“Nossos pais adoraram neste monte, e vós dizeis que é em Jerusalém o lugar onde se deve adorar. Disse-lhe Jesus: Mulher, crê-me que a hora vem, em que nem neste monte nem em Jerusalém adorareis o Pai. Vós adorais o que não sabeis; nós adoramos o que sabemos porque a salvação vem dos judeus. Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem. Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade.” (João 4:20-24)

A igreja é vocacionada a adorar a Deus. Você foi chamado para servir a Deus. E, porque você é chamado, existe um manto sobre a sua vida, o manto da adoração. E o manto da adoração traz outro manto com ele, o manto da alegria.

Vocacionados para adorar

Como Igreja de Jesus, somos vocacionados para adorar. Portanto, se você está triste, pelo motivo que for, pare e reflita sobre o que você está fazendo, pois pode ser falta de amor e você precisa amar o que está fazendo, precisa amar a chamada que Deus lhe confiou para adorá-lO.

Você é vocacionado. E como vocacionado, deve saber que existem alguns aspectos que estão dentro da competência da chamada. Todo vocacionado tem dentro dele o espírito da coragem. Deus nos chamou para confronto e não apenas para ser confortado.

Sempre ensino que só os legitimamente chamados suportam o treinamento. Quem não é vocacionado murmura por qualquer coisa. Mas os vocacionados, no lugar de murmurar, adoram, porque entendem que a Igreja de Jesus é chamada a adorar. Eu e você somos chamados para adorar.

O discurso de Jesus, em João 4:20-24, consistiu em ensinar à mulher samaritana o princípio da adoração. Ele fez dela a primeira evangelista. E ela gestou respostas favoráveis ao ensino que recebeu do Mestre. Então, todos que se encontram com Deus e O adoram gestam respostas de mudança.

Os discípulos de Jesus haviam saído para comprar pão. 12 homens foram comprar pão para 13. Nesse momento, enquanto eles saíram, Jesus consolidou a alma daquela mulher, que recebeu o discurso da adoração e se tornou uma missionária. Sozinha, ela trouxe uma cidade aos pés de Jesus. Em um momento, a mulher samaritana fez muito mais que os 12 discípulos de Jesus.

Adorar para dar resultado

No Reino de Deus, o que importa é o resultado. Como está o seu resultado como discípulo do Mestre? O que conta não é o que você fala, mas o que você faz e o resultado que a sua vida dá.

A mulher samaritana trouxe, como resultado, muito mais do que discurso, ela trouxe vidas aos pés de Jesus. E isso, imediatamente a sua conversão, a sua conversa com o Senhor sobre adoração. Ela foi confrontada e depois confortada.

Todo discurso é julgado, porque as nossas ações não precisam de juízo. A ação, em si já diz quem somos. Aquela mulher, antes tão ferida e rejeitada, agora se transformara em uma pregadora, em uma evangelista, naquela que levava o Reino de Deus também a sua cidade.

Então, não importa quanto tempo você tenha de convertido. Você pode ter aceitado Jesus ontem, nesta semana, no mês passado... Não importa! O que importa mesmo é o resultado que a sua vida está dando. Você pode impactar uma cidade. E esse impacto pode começar na sua casa, no meio dos seus, no seu trabalho, com as pessoas com as quais você convive.

O resultado que a mulher samaritana trouxe, ao conduzir a cidade para ver Jesus, o Profeta que mudara a vida dela, só foi notória porque todos viram a transformação pela qual ela passara.

Você precisa dar resultado nas suas ações. As pessoas precisam ver que você mudou, que é nova criatura, que é adorador de Yeshua. As pessoas só virão aos pés do Senhor através da sua vida se você, de fato e de direito, tiver mudado de vida.

Ninguém quer seguir uma pessoa apenas pelo discurso. O discurso pode causar impacto, mas as pessoas não se movem apenas pelo impacto. O verdadeiro mover vem pelo impacto que produz transformação. E foi isso que fez a diferença na vida daquela mulher.

Ao voltar para a sua cidade, para o meio daqueles que a conheciam, todos viram a mudança, o quanto aquela que era rejeitada, havia se transformado em uma adoradora do Reino.

Você pode ter essa transformação na sua vida. Você pode transformar vidas, a partir do poder de Deus na sua vida, a partir de uma vida de adoração. A diferença na sua vida e na vida das pessoas que você trará para o Reino é a transformação da adoração na sua vida.

Você é Igreja de Cristo. E como tal, você é vocacionado para adorar e para dar resultados de adoração. Deus conta com você. Seja o melhor adorador que puder. Treine bastante, porque no céu adoraremos ao Pai em todo o tempo. Impacte a vida das pessoas através da adoração.

Família Curada , sede de avivamento

Família curada, sede do avivamento
Uma família curada representa ter o milagre nas mãos e ser a sede de um poderoso avivamento. Quando os milagres de Deus começam a explodir dentro da sua casa, ela se transforma na sede do avivamento. Se o poder de Deus se manifesta, então a cura brota apressadamente.

Viver em uma família curada é experimentar do milagre de Deus constantemente. E milagre é a manifestação contra a esperança. Quando não há mais jeito, então Deus entra na situação.

Família não foi criada por Deus para viver endividada, sem milagre. A família deve ser carregadora da glória de Deus. A família precisa saber que Deus está vivo e faz milagres ainda nos dias de hoje. A família que se entrega ao Senhor contempla muitos milagres.

Sua família é fruto da sua declaração

Sua família é fruto da sua declaração. Você é fruto das suas declarações. Você é cúmplice das palavras liberadas por seus lábios. Sua família é o que recebe como decreto e palavras.

Somos indivíduos de memória. E é assim que Deus trabalha conosco. Os memoriais sinalizam um tempo que se encerra, porque Ele é um Deus de memorial.

Em Gênesis 3, Deus imola um cordeiro para cobrir a nudez do ser humano. E como Deus sabia que a partir de Adão toda a humanidade ficaria vulnerável ao pecado por causa da conversa com a serpente, enviou Jesus para morrer por nós, o Cordeiro Santo de Deus.

Construa um memorial para sua família

Abraão, Isaque e Jacó, os três patriarcas, fizeram memoriais para expressar que andavam com Deus. Com eles, outros líderes também construíram memoriais, como
Moisés, Josué, Elias, Eliseu, Davi, Salomão e tantos outros. Você precisa ter sensibilidade para ouvir Deus e para construir memoriais em prol da sua família.

Deus é um Deus de memorial e trabalha com os Seus filhos através de memoriais para ativar a memória deles.

Todos os líderes que constroem memoriais passam o tempo de dificuldade e alcançam a bonança. Creia nessa verdade porque ela pode chegar a sua vida e família. Deus não tem prazer em ver o sofrimento de nenhum dos Seus filhos, por isso Ele quer curar a sua casa para que ela seja sede de um poderoso avivamento.

A cura de Deus

Deus curará a sua família como um dia Ele curou a memória de Pedro. Mas, para isso, foi preciso mexer na dor. A dor sinaliza que algo está muito ruim. Talvez, ao olhar para sua família, você só veja sofrimento, dor, mazelas. Mas o Deus que você serve é Poderoso para curar sua família, para curar a memória da família.

Quando a cura do Senhor chegar, você olhará para a situação e verá apenas a cicatriz, para que você lembre que um dia doeu, mas que hoje há apenas a marca. A cura de Deus é maior que qualquer lembrança do passado, que qualquer cicatriz.

Nosso Senhor é estratégico. Nada foge do controle dEle porque Ele é estratégico. Pode levar um tempo, mas Ele virá e ministrará a cura que sua família precisa. E a sua família será sede de um poderoso avivamento. Esse silêncio na sua alma que não quer calar e que parece uma contradição e você sabe que não é, será rompido pelo Todo Poderoso.

Jesus vai curar a memória da sua família. Sua família será restituída. Assim será com você. Tão somente creia, descanse em Deus e faça a sua parte. Então, você verá o milagre brotar na sua direção, alcançando toda a sua casa.

Talvez você tenha a imagem de pai violento, pedófilo, malvado. Talvez você tenha a imagem de uma mãe arrogante, imatura. Talvez a sua vida seja baseada só em ‘talvez’, numa tremenda indecisão, fruto de uma família adoecida e que o adoeceu. Mas agora, neste momento em que você lê ou recebe este estudo, Jesus quer realizar o milagre da cura na sua vida e na sua família.

Há muita coisa escondida dentro das casas, no seio da família, por isso, os filhos estão marcados. A história está-se repetindo porque você já viveu um dia. Satanás mandou que demônios migrassem para oprimi-lo. Mas Jesus Se levanta do Trono para curar sua vida, sua casa, sua família.

Um novo memorial para a família

Em Isaías 58, Deus manda que gritemos com toda força do nosso pulmão, como se fosse voz de trombeta, de shofar, para que toda a maldição saia e a cura se manifeste apressadamente.

Satanás não entrará na sua família, nem nas suas gerações com o memorial do passado. Não! Deus traz hoje um novo memorial sobre a sua vida.

Você não pode gerar uma família doente, enferma por causa de situações provenientes do passado. Doentes não podem curar outros doentes, por causa das suas crises. Por isso, Jesus quer restituir a sua vida e a sua família.

Deus não quer nossas mentes doentes, muito menos família doentes, sofrendo traumas do passado, quando Jesus já nos libertou. Precisamos crer na cura.

Deus tem uma cura específica para a sua família, exatamente, na área em que ela precisa ser curada. Creia na cura! A cura é na mente, nas emoções, no relacionamento. Você não foi escolhido para ficar preso ao passado, através de lembranças que enfermam seus sentimentos. Hoje o Senhor providencia cura para a sua família.