terça-feira, 21 de outubro de 2014

As Escolhas

É interessante como as escolhas que fazemos em nossos anos de juventude afetam nossas vidas.Meu interesse quando jovem estava em decoração e música.Ninguém em minha família tocava piano,mas,como eu disse anteriormente ,tive um imenso desejo para aprender.Infelizmente,não tínhamos dinheiro.Então,minha mãe escreveu para minha avó,que enviou dinheiro para as minhas aulas. O primeiro piano que tive foi obtido num antigo posto de bombeiros onde estava guardado, e suas teclas estavam tão arqueadas que pareciam querer saltar.Eu não me importava.
Uma professora de piano disse á minha mãe que eu era muito pequena para alcançar os pedais e que meus braços eram muito curtos para alcançar o teclado,mas isso não intimidou mamãe.Ela acreditava em mim.
Anos mais tarde,as lições de piano colocaram-me numa boa posição.Recebi uma bolsa de estudos de música para o então denominado Colégio Batista Grand Canyon.Eu honestamente acreditei que tinha descoberto meu papel na vida.Isso deveria ser o que Deus queria de mim.
Certa vez,ouvi a parábola de uma linda árvore , a qual ,enquanto amadurecia,produzia belas flores.A arvore,vendo as flores,chegou á conclusão de que era uma árvore floral e que seria sempre uma árvore floral.Mas ,enquanto a primavera prosseguia,as flores caíram, e umas pequenas bolas rígidas começaram a se formar no lugar das flores,que um dia tinham dado àquela árvore que já não sabia mais quem era.O tempo passou,e as pequenas bolas rígidas finalmente amadureceram e tornaram-se resplandecentes maças maduras.Finalmente, a árvore percebeu que ela fora destinada a dar frutos.
a história dessa árvore é muito semelhante ás fases de Deus para aqueles que são chamados.Muitas vezes,jovens líderes assumirão posição temporárias durante as flores iniciais de seus chamados.Foi exatamente o que aconteceu comigo com relação á música.Eu amava tocar Bach,Bethoven,e assim por diante.Aqui está a razão por que ,de fato,eu pensava que esse seria o meu chamado.
Mais tarde,ofereceram-me um trabalho para ensinar importação de voz numa escola bíblica, e meu desejo para desempenhar a tarefa era tão forte que tive dificuldade de ouvir a vontade de Deus para mim. Embora minha agenda estivesse lotada de compromissos para pregar,de maneira que eu não seria capaz de cumprir a tarefa se a aceitasse, eu ainda lutava por um sinal da parte de Deus.Finalmente nas primeiras horas da manhã ,o Senhor gentilmente instruiu-me a completar a carreira pregando o evangelho,e não ensinando música.Ouvi sua voz serena e suave : "Cindy o chamado para a música é o chamado da sua alma ( ou emoções),mas o chamado do seu espírito é para pregar o evangelho". 

Retirado do livro de Cindy Jacobs "Mulheres com Propósito".
pag 28

Nenhum comentário: